Quarta, 08 Março 2017 17:12

Dia Internacional da Mulher tem café cultural e mesa de debates em Piraí Destaque

           Uma manhã para confraternizar e refletir. O Dia Internacional da Mulher em Piraí ficou marcado pelo café cultural e mesa de debates organizados pela Secretaria de Cultura e Esporte com o intuito de ampliar a participação e discutir a importância das mulheres para transformação da cidade e da sociedade. O evento ocorreu na Agremiação Esportiva Piraiense e contou com ilustres convidadas, como as mulheres do projeto 3ª idade em atividade, moradoras de diversos bairros e amigas da cidade.

            O prefeito Dr. Luiz Antonio recebeu as animadas convidadas junto com o Secretário de Cultura e Esporte Rogério Nunes e afirmou que uma cidade tem que ter compromisso com as mulheres para poder crescer. "Temos um cuidado especial e fazemos questão de valorizar as políticas públicas de uma maneira geral e em especial voltadas às mulheres aqui em Piraí. É o que faz a gente crescer e evoluir para uma sociedade mais justa, igualitária e fraterna". A programação teve início com a apresentação musical de professores e participantes do projeto Piraí Acordando Sons, Musicando Cultura.

            Entre um café e outro, as mulheres puderam conversar sobre a relevância que têm na sociedade em uma data tão emblemática como o dia 8 de março. Para isso, foi apresentada a esquete "A mulher em um tempo de domínio", encenada pela jornalista e artista voltarredondense Rita Procópio e depois iniciou-se uma conversa com a Secretária Municipal de Políticas Públicas para as mulheres Dayse Marques Penna.

            De acordo com Dayse Penna, as mulheres estão diretamente relacionadas com a educação e a construção de relações da nossa sociedade, por isso são elas os elos que podem transformar a realidade e a chave para alcançar a mudança é o respeito. "Aprendemos culturalmente a valorização do masculino. Hoje, as coisas mudaram. Mas o que podemos fazer para mudar ainda mais? A mudança tem que partir de nós e precisamos fazer a harmonia dentro de nós para transformarmos nossos ambientes. Nossa sociedade ainda não faz o básico, que é o respeito, então precisamos fazer isso e ampliar para nossos lares, nossos espaços."

            A Conselheira da Mulher e uma das organizadoras do evento Daisy Lúcia Lima ressaltou a importância da atuação das mulheres na cidade e que o momento de confraternização e reflexão enriquece a todas. "Essas atividades tornam as mulheres um segmento cada vez mais forte e unido para trazer ainda mais qualidade de vida para a mulher e melhorias para a cidade." Os presentes foram agraciados ainda com a apresentação de dança das alunas da Escola Municipal de Ballet e recital de poesias.

  
            Outro tema abordado foi a qualidade de vida e saúde da mulher. De acordo com a Coordenadora de Atenção Básica Albanéia Trevisan a saúde não deve ser vista apenas como médicos ou medicamentos, mas também prevenção, qualidade de vida e lazer. A coordenadora lembrou ainda que as mulheres representam 51% da população de Piraí e que por isso são forças importantes na construção de uma política voltadas para elas. "Temos uma rede serviços próximos e disponíveis, com acompanhamentos e participação da população. Temos que defender e participar para tornar cada vez melhor."

            Quem aproveitou bastante a manhã de encontro e reflexões foi a Maria José, moradora do centro. "A manhã me proporcionou começar um dia agradável, fazendo novas amizades, podendo conversar com outras mulheres e saber que juntas podemos muito mais."


            O encerramento da manhã em homenagem às mulheres ficou por conta do Coral Renascer, formado por piraienses da terceira idade.

Lido 1131 vezes