Quinta, 09 Janeiro 2014 09:46

Conselho comunitário de Segurança se reúne com moradores do Varjão

Na quarta-feira, 8 de janeiro, às 19 horas, na Escola Municipal Rosa Carelli da Costa, no bairro Varjão, o Conselho Comunitário de Segurança de Piraí realizou a sua quinta reunião com a comunidade, com o objetivo de estreitar os laços entre a população e os órgãos de segurança pública do Estado e do Município.

O presidente do Conselho, Ildo Terra, explicou aos presentes que essa reunião, ao exemplo das que já foram realizadas em outros bairros, tem como finalidade ouvir as pessoas sobre as necessidades, estabelecendo ações e procedimentos que possibilitem um melhor atendimento por parte órgãos de segurança.

“O município é grande e em cada lugar nos deparamos com uma série de problemas característicos, provocados por diferenças geográficas e sociais. Os problemas de segurança da Cacaria são diferentes dos problemas de Arrozal e precisamos trabalhar para atender a todos da melhor forma possível”, explica Ildo Terra.

O comandante da 5ª Cia do 22º Batalhão da Polícia Militar, 1º tenente Leandro Gerolis Moraes, ressaltou que os problemas ligados à segurança no município são os mais diversos e se diferenciam de acordo com cada localidade e que a parceria da polícia com a comunidade é fundamental para que se possa realizar um trabalho mais eficiente.

“Precisamos que a população nos ajude para que possamos servi-la. Sabemos que um grande número de ocorrências não chegam até nós e isso impede que atuemos com eficiência, criando uma sensação de insegurança. Precisamos que a comunidade aponte os riscos existentes e, se for o caso, denuncie as ações criminosas para que possamos atuar prontamente, tanto para reprimir quanto para evitar essas ocorrências”, destaca o Tenente Gerolis.

O secretário de Transporte e Transito e chefe do Gabinete Especial de Segurança de Piraí, Marcelo Zacarias Magalhães, disse que a Prefeitura está atuando através de ações de prevenção primária, que se refere a melhoria da qualidade de vida da população através do emprego, geração de renda, assistência e apoio para o desenvolvimento das famílias que se encontram em risco social e da descentralização das atividades  do esporte e da cultura.

“Se trata do poder público criar condições para que a população tenha uma melhor qualidade de vida, possibilitando assim um convívio social harmonioso e pacífico”, explica Marcelo Zacarias.

Dentre os projetos desenvolvidos pela administração municipal nesse sentido, Marcelo destacou a descentralização dos eventos culturais que levou a diversos bairros atividades que antes aconteciam somente na sede do município como a Noite Literária e o Natal – Luz e Sonhos.

“Em algumas localidades constatamos que é necessária a implantação de atividades esportivas para as crianças e adolescentes, como é o caso da Cacaria. Acreditamos que a inclusão no esporte e na cultura, são fatores primordiais para melhorar o convívio social e oportunizar aos jovens prática saudáveis que os mantenham longe do caminho do vício”, completa Marcelo Zacarias. 

Durante a reunião, através da manifestação da comunidade, foi detectada uma grande preocupação com relação ao consumo de álcool e outras drogas, principalmente por jovens que muitas vezes leva a violência e ao vandalismo, tanto contra o patrimônio público quanto de particulares.

Em resposta a essa preocupação o secretário de Transporte e Trânsito afirmou que a Prefeitura iniciará uma grande campanha de combate às drogas, que contará com extensa publicidade e palestras nas escolas e comunidades. Destacou também que estão sendo realizados esforços para a implantação de um sistema de monitoramento, que permitirá uma vigília constante nas ruas e estabelecimentos públicos. A implantação deverá acontecer primeiro nas escolas da rede municipal.

“O sistema de monitoramento irá nos permitir identificar, onde e quando acontece um determinado delito ou crime, possibilitando o acionamento instantâneo da polícia. Isso permitirá a repressão mais efetiva de qualquer tipo de delito que acontece dentro da área de cobertura do sistema e, também, irá inibir a realização de crimes nessas áreas”, explica Marcelo Zacarias.

Ronaldo Valente Sandi, 41 anos, trabalhador da construção civil, morador e nascido no bairro Varjão, disse que esse encontro dos responsáveis pela segurança do município com as comunidades é muito importante para que a polícia esteja mais presente no bairro.

“É uma coisa nova e acho importante saber o que a polícia ou a prefeitura podem fazer para melhorar a nossa segurança. Isso deve acontecer sempre para que possamos expor nossos anseios e buscar uma forma de resolver os problemas”, completa Ronaldo Valente Sandi.

As reuniões do Conselho Comunitário de Segurança já foram realizadas, anteriormente, nos distritos de Piraí, Arrozal, Santanésia e no bairro Cacaria e de acordo com o presidente do Conselho, Ildo Terra, acontecerá em todos os bairros.

Lido 477 vezes