Quarta, 20 Junho 2018 15:53

Vigilância Ambiental em Saúde participa de curso sobre Leishmaniose

A equipe de Vigilância Ambiental em Saúde de Piraí participa nesta semana do Curso Profissional de Capacitação e Manejo dos Vetores da Leishmaniose. O curso é fruto de uma parceria da Prefeitura Municipal com a Secretaria Estadual de Saúde, juntamente do Laboratório Central Noel Nutels - LaCen-Rj- e a Gerência de Pesquisa em Antropozoonose - GPA.

A ação consiste em aprofundamento teórico e prático, para estudo de caso e instalação de armadilhas, com intuito de investigação de um possível vetor na região, o inseto flebotomíneo, que carrega protozoários que transmitem a doença. Além disso, há monitoramento e análise em laboratório de animais, principalmente de cachorros com casos em suspeita, que representam um dos principais grupos acometidos pela leishmaniose visceral.

É importante destacar que  a Leishmaniose não é uma doença contagiosa, não sendo transmitida de uma pessoa para outra, nem de um animal para o outro, nem dos animais para as pessoas. A transmissão do parasita ocorre através da picada do inseto. Por isso, um dos principais objetivos do curso é também capacitar os profissionais da Vigilância em Saúde para o Manejo Ambiental e conscientização da comunidade, a fim de manter a limpeza dos quintais e lugares próximos a áreas verdes e evitar invasão de áreas de mata que podem desequilibrar o meio ambiente ou gerar condições propícias para a proliferação do vetor da doença.

Lido 213 vezes