Quinta, 17 Maio 2018 12:42

1º Sarau Cultural do Caps emociona participantes

Avalie este item
(0 votos)

Uma tarde para inspirar e emocionar. O 1º Sarau Cultural do Caps Reviver mesclou artes e pessoas na Casa de Cultura de Piraí na quarta-feira (16), em prol da Luta Antimanicomial.

Com o tema "Arte e Liberdade" o evento buscou expandir os conceitos e explorar o potencial que cada um, independente de quaisquer condições, possui. "No mundo onde vivemos somos cercados por tantos conceitos que, aos poucos, a gente vai se achatando e se reduzindo. A arte serve para isso: para ampliar a gente mesmo", destacou a psicóloga do Caps Ana Paula.

E a tarde foi recheada de apresentações musicais, esquetes e recital de poemas. Estiveram envolvidas a Secretaria de Saúde, a de Esporte e Cultura, coordenadores dos projetos de música e Biodanza no Caps, alunos do Ceamtec e os próprios profissionais e usuários do Centro de Atenção Psicossocial.

Thaís, uma das usuárias do Caps, recitou um poema que se recordava da infância e destacou a semana de preparação para o Sarau. "Hoje foi um momento bem interessante, e durante a semana nós ensaiamos as músicas, a dança, desenvolvemos muito e acabamos também fazendo mais amigos, nos soltando mais no dia-a-dia", disse.

O dia 18 de maio é a data que marca a Luta Antimanicomial, movimento que visa reforçar a importância do fim dos manicômios e o desenvolvimento de uma vida digna e pautada nas práticas de cidadania, bem como fortalecimento de laços familiares e sociais, em prol da Saúde Mental. E o Sarau é um espaço para a manifestação e expansão da arte, uma importante ferramenta para a Saúde e Saúde Mental, que integrou e emocionou os presentes na Casa de Cultura.

Lido 421 vezes Última modificação em Terça, 26 Junho 2018 20:40

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.