Segunda, 02 Outubro 2017 16:11

Atletas de Ginástica de Trampolim treinam para Campeonato Brasileiro

A equipe de Ginástica de Trampolim de Piraí se prepara para disputar o Campeonato Brasileiro da modalidade esportiva neste mês de outubro.  Doze atletas já estão confirmados para a competição que acontece do dia 11 a 15 de outubro, em Goiânia.

Ana Laura, de 9 anos, será uma das atletas que estará na competição "Vai ser a minha primeira vez em viagem grande, de avião. Gosto de me esforçar bastante, espero que eu faça tudo certo para deixar minha equipe feliz", disse.    

As categorias disputadas serão Elite e Júnior e, paralelamente, acontece o Torneio Nacional de Categoria de Bases, cujo três piraienses irão participar. Enquanto isso, a equipe treina sério.

"Minha expectativa é muito positiva, treinamos muito forte para isso. Participo da Ginástica desde 2007 e, além dos resultado para nossa cidade, podemos ter a experiência de conhecer outros lugares e ver o desempenho de outros atletas, o que nos incentiva cada vez mais", disse Washington Lopes, de 24 anos, que irá competir na categoria Elite.

A Coordenadora Técnica Shirley Arantes afirma que a participação nestes campeonatos é de extrema importância para a equipe. "É uma conquista muito grande participar de campeonatos e estar junto com os grandes, porque eles podem ver os outros atletas e se empenhar mais. E é muito bom ver toda essa dedicação".

A treinadora destaca ainda que, para participar da equipe é preciso muito mais que dedicação nos treinos. " Tem que estar bem na escola e ter comprometimento". Segundo Shirley, a Ginástica de Trampolim ajuda desde cedo a encarar as dificuldades e superar as barreiras, com cada movimento em que se ganha confiança para realizar o próximo.

"Aqui você vê a evolução, com cada um que vence o obstáculo, supera o medo e torna o que era difícil em possível.  Isso é fantástico, a gente vê a evolução, o desenvolvimento da concentração, disciplina e raciocínio", disse completando que uma das maiores vitórias do Projeto foi formar atletas em professores, que estudarem e hoje contribuem com o trabalho.   

Lido 545 vezes